Sponsor Advertisement

Labels

Ads 468x60px

sábado, 28 de abril de 2018

Avengers Infinity War - criticas, Geek Azores

Ok, não tenho estado nesta plataforma tanto quando queria, mas acho que escolhi a altura perfeita para voltar. Dez anos do universo cinematográfico da Marvel e chegámos finalmente ao topo da pirâmide, ao culminar de tudo o que estes filmes nos estavam a levar, ao grande confronto contra Thanos. A estreia já aconteceu e os críticos estão empurrando as suas opiniões pela internet. Vamos ver então o que têm a dizer.

O Positivo:

- Um feito cinematográfico colossal. Primeiro com Vingadores em 2012, a juntar aquela meia dúzia de heróis de diferentes filmes, agora imaginem, tudo numa escala muito, muito maior. O equilíbrio da historia e personagens é, pela maior parte, bem conseguido.

- Thanos é (palavra muito usada) espetacular. Apontado agora como o quase de certeza melhor vilão deste universo cinematográfico. Um personagem desenvolvido, algo que faltava a muitos dos vilões da Marvel, alguém digno de medir forças com tantos heróis.

- A ação, os visuais, a dimensão de tudo é, sem sombra de duvidas: fantástico.


O Negativo:

- Com tantos personagens de tantos estilos de cinema ao longos dos anos, de diferentes tons, de diferentes realizadores, alguns podem não parecer consistentes nas suas decisões ou maneira de ser. Com tantos personagens alguns são irremediavelmente atirados para segundo plano, não tento muito ou mesmo nada a influenciar na historia. 

- Apesar de um bom equilíbrio com este gigantesco filme, existe, aqui e ali, algumas mudanças de tom e uma historia que é quase substituída por uma serie de eventos, uns a seguir aos outros.


Em suma: A entrega de algo grandioso, bem conseguido, que, ainda assim, não é perfeito.




(Fontes: Jeremy Jhans; Chris Stuckmann; Schmoesknow)

0 comentários:

Enviar um comentário

Tiago Dutra

A minha foto

Quantas vezes ouvi: "Já não tens idade para isso". E enquanto me tentava encaixar no que julgavam certo, largava o que era certo para mim, uma luz foi-se extinguindo. Foi só quando me aceitei por quem sou: um geek, que abracei a imaturidade dentro do meu corpo já adulto, é que me permiti ficar mais solto, ganhar liberdade, ser mais feliz. 
Eu gosto de comics, adoro cinema, aprecio arte de fantasia, adoro escrever, primeira paixão foi a TV, ainda vejo animação, gosto de historia: meus escapes. 
Ser geek não é usar óculos e ser franzino, esse é o estereotipo, ser geek é viver com paixão aquilo que gostamos; podemos todos ser geeks. 
Dar asas à minha imaginação e criatividade, ser eu mesmo,permitiu-me realizar sonhos: publiquei o livro “Terra Antiga o Duelo”; participei no livro “Contos ao Vento”. Minha primeira experiência na blogosfera: pensamento-indescoberto. Entrei nos Workshops de Pedro Chagas Freitas; tenho também um canal no youtube com o mesmo nome que este blogue.
Posso estar a envelhecer, mas enquanto me deixar ser imaturo, posso também, de uma maneira, ser jovem para sempre.

Geek Azores youtube (videos pessoais geek)
Geek azores blog (assuntos geek, escapes À realidade))