Sponsor Advertisement

Labels

Ads 468x60px

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Oficial, o título do Episodio 8: "The Last Jedi"

Isto dá-nos uma bofetada na alma e grita-nos: acorda. 
É um título que gosto, quero muito ver Luke Skywalker no papel de mestre, é algo que já venho imaginando desde a primeira vez que vi "The Return of The Jedi", já lá vão mais de duas décadas (ui, o tempo passa).
Pode isto também significar que Luke vai passar o manto (por assim dizer) e Rey vai ser a ultima Jedi? Preferia que não fosse assim, Han já se foi e a trágica morte de Carrie Fisher condiciona o seu papel para episódio 9. Pode também significar que Rey não vai ser ainda uma Jedi no episódio 8 e Luke é o ultimo. Vamos a ver, tenho fé na equipa que gera estes filmes, até agora não nos falhou e, se formos a ver bem, deu-nos mais que o esperado, dois bons filmes, uma série (Rebels) competente, novos comics, e tudo parece muito coeso e bem trabalhado. Ontem até tive a noticia que Rogue One ultrapassou aquela marca dos mil milhões de dólares. Sim, Star Wars está em forma e para ficar.

sábado, 21 de janeiro de 2017

VEGETA figura - Geek Azores

Saudações, geeks por esse mundo fora. Super entusiasmado: então, de manhã fui buscar a minha mais recente adição para as prateleiras do escritório (a geek cave), uma figura do Vegeta (saga Cell). Já à muito tempo que tinha posto em mente comprar as minhas personagens preferidas, elas: Goku e Vegeta. Até pela minha preferência eles são rivais.  Não estou à procura de comprar mais, sei que depois não vou conseguir parar.
Ao item: o valor foi aceitável, apesar de conseguir encontrar mais barato (mas o que é que hoje em dia não se consegue mais barato?). A figura não é obviamente super detalhada, nem podia pelo preço, mas tem o detalhe suficiente para me deixar contente, gosto bastante do tom de azul do fato e contorno dos músculos. É uma figura de 12 centímetros, pessoalmente acho que as de 17 ou 19 centímetros são o ideal, introduz  a quantidade certa de detalhe sem ficar demasiado bruto numa figura maior, mas 12 centímetros é também um tamanho que gosto muito e poupa-me espaço para mais itens.
Continuem imaturos e sejam jovens para sempre, abraço.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Logan Trailer 2 - opinião, Geek Azores

Wolverine, apesar do favorito dos fãs dos X-men, nunca teve um filme à sua altura; "Logan" promete-o.
O filme traça-nos um futuro sombrio em que os mutantes não tiveram propriamente o melhor fim, Logan e o Professor X podem ainda vir a fazer algo a respeito com o tempo que lhes resta. Existe aqui um cenário muito pós-apocalíptico, tipo Mad Max, parece também mais centrado nas actuações e menos nos efeitos especiais que nos são atirados à cara em filmes com pouco enredo, apesar de ser um trailer com um bom bocado de acção. A miúda (X-23), só pela meia dúzia de cenas que a vemos, parece fantástica: feroz. Logan já não está no seu auge, faz muito lembrar o Batman  de Dark Night Returns e eu adoro heróis assim: falíveis, torna (a meu ver) a sua luta contra as adversidades ainda mais interessante.
Em suma, parece-me tudo muito bom, um dos meus filmes mais antecipados do ano.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Power Rangers trailer 2 - Opinião, Geek Azores

Cores vibrantes, CGI que parece de à quinze anos atrás, sim, temos um filme de Power Rangers. Tenho de dizer, eu estava à espera de uma abordagem mais séria, por toda a promoção até aqui, mas parece que vão se manter fieis ao que já conhecemos desta marca, que é: um algo piroso.
Viram o filme: "Gods of Egypt"? Claro que não, não interessou a ninguém, tinha algum do pior CGI desde os anos 90 e infelizmente isso foi o que este trailer me fez lembrar. Alpha não parece nada credível, os Zods são uma explosão de cores e há um monstro gigante todo dourado.
É assim, sejam fieis à série (que já tem uma legião de fãs), divirtam-se, mas não há desculpas para pobre CGI.



sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Detalhado: Rogue One é melhor que The Force Awakens?


Agora, já com bastante tempo para digerir os dois filmes, podemos finalmente tirar as nossas conclusões e quem sabe perceber qual o melhor. Temos de ter em conta que arte (como é o cinema) é subjectivava e tudo varia de opinião para opinião. O bom disto, é que nesta Era de Star Wars da Disney já tivemos dois filmes e um numero ainda ilimitado de muitos mais que virão (o episódio VIII ao virar da esquina e o filme de Han Solo).
O Forte de Star Wars, para além de esticar os limites cinematográficos, dos efeitos especiais, da historia, são também os personagens, vou, por isso, basear-me nestes pontos que tornaram esta uma das sagas mais adoradas de todo o cinema.

A) Esticar os limites cinematográficos
B) Efeitos especiais
C) A historia
D) As personagens. 

The Force Awakens: conseguiu, pela sua maior parte, agradar e reunir os fãs de ambas as trilogias, e fazer com que todos estejam entusiasmados quanto ao futuro do franshise.


A) Pode não ter esticados os limites, ter sido inovador ou trazer algo de novo, mas usou o que já existe no seu máximo potencial. É um filme bonito de se ver, cenários e paisagens.

B) Troce de volta os efeitos práticos, conseguiu combinar, quase na perfeição, computador com os efeitos práticos. O filme troce de volta aquele realismo que a trilogia original tinha.

C) É divertido, tem aquele sentido de aventura. The Force Awakens falhou, no entanto, em entregar uma historia inovadora e o terceiro acto foi pouco memorável. Um filme, a ter só dois bons actos, deve pelo menos acabar em grande e não desinchar antes do fim. Foi quase um reboot, com uma "Estrela Da Morte" que ninguém se importou. O momento alto da historia em The Force Awakens é, de um ponto de vista narrativo, a primeira parte do filme, o primeiro e segundo acto são bons, a meu ver: muito bons. É no terceiro que acto cai em repetição exagerada, um final já visto e com pouco em jogo (não incluído o duelo entre Rey, Finn e Kylo Ren).

D) O episódio VII troce-nos novos e empolgantes personagens que não precisaram da muleta dos antigos: Poe, o melhor piloto da galáxia, Finn, um stormtrooper desertor e Rey, uma forte protagonista feminina que tem a Força consigo. Não é fácil, numa galáxia já recheada de favoritos dos fãs, conseguir sobressair, mas eles conseguiram. Além disso, troce de volta as três personagens principais que nos fizeram adorar esta historia com forças místicas e guerras espaciais (mesmo que Luke tenha tido só quinze segundos de cena e nenhuma fala)

Rogue One: o primeiro de muitos spin-offs, melhorou o episódio IV, mostrando o heroísmo e sacrifício para lá chegar.



A) Outra vez, pode não ter sido inovador, no sentido literal da palavra, mas foi filmado como se fosse. Foi conseguido uma melhor noção de escala, vemos naves e veículos do ponto de vista dos personagens e percebemos como realmente são grandes, e em certos casos, ameaçadores. O filme dá-nos também a perspectiva dos pilotos durante a grande batalha espacial e é neste filme que está, talvez, a melhor acção (em batalha) de todos os pré-existentes Star Wars - e isso é dizer muito.

B) Houve, outra vez, uma combinação quase perfeita entre efeitos práticos e computador, fizeram propositadamente algumas naves parecessem modelos em miniatura.

C) Rogue One é o mais diferente de todos os filmes Star Wars; verdade, esse é o objectivo, é afinal um spin-off, mas para alguns fãs já habituados a certas batidas na historia mais que notar-se, sente-se. O filme leva o seu tempo a progredir, não há pressa. Aqui é conseguido o impensável, tornar um clássico do cinema, o episodio IV, este tão querido filme com uma colossal legião de fãs, ainda melhor. Encaixou na perfeição e acrescentou contexto ao episódio IV .

D) Existe em Rogue One várias personagens, novos vilões e o retorno de caras conhecidas. As personagens, apesar de muito boas, não são tão carismáticas como as personagens da trilogia original. Leia teve o tempo ideal e serviu o suficiente a historia, mas Tarkin, apesar de um grande feito, acabou sendo uma distracção. Vader no seu melhor, pecou só pelo seu pouquíssimo tempo em cena.


Conclusão: Estas foram duas excelentes adições ao já existente. Eu, um fã já desde criança, estou imensamente agradecido pela sua existência. Tivemos a aventura, os duelos de lightsaber, as batalhas espaciais, as personagens. O que eu quero de futuro é mais de igual qualidade ou ainda melhor.  Existe espaço para os dois filmes, mas é divertido os dissecar.

A - Dou o ponto "A" a Rogue One
B - Distribuído pelos dois
C- Dou a Rogue One, mas só por causa da base Starkiller em The Force Awakens.
D- Dou o ponto a The Force Awakens.

Se fizer sentido, um é o melhor filme e o outro o melhor filme Star Wars. The Force Awakens segue as batidas dos outros filmes da saga e tem já personagens memoráveis. Sim, tem problemas narrativos que são, no entanto, perdoáveis. Rogue One é a melhor "prequela", encaixa melhor que qualquer outra num filme já existente e tem a melhor acção de todos os filmes Star Wars, mas falta-lhe personagens de melhor carisma.

Tiago Dutra

A minha foto

Quantas vezes ouvi: "Já não tens idade para isso". E enquanto me tentava encaixar no que julgavam certo, largava o que era certo para mim, uma luz foi-se extinguindo. Foi só quando me aceitei por quem sou: um geek, que abracei a imaturidade dentro do meu corpo já adulto, é que me permiti ficar mais solto, ganhar liberdade, ser mais feliz. 
Eu gosto de comics, adoro cinema, aprecio arte de fantasia, adoro escrever, primeira paixão foi a TV, ainda vejo animação, gosto de historia: meus escapes. 
Ser geek não é usar óculos e ser franzino, esse é o estereotipo, ser geek é viver com paixão aquilo que gostamos; podemos todos ser geeks. 
Dar asas à minha imaginação e criatividade, ser eu mesmo,permitiu-me realizar sonhos: publiquei o livro “Terra Antiga o Duelo”; participei no livro “Contos ao Vento”. Minha primeira experiência na blogosfera: pensamento-indescoberto. Entrei nos Workshops de Pedro Chagas Freitas; tenho também um canal no youtube com o mesmo nome que este blogue.
Posso estar a envelhecer, mas enquanto me deixar ser imaturo, posso também, de uma maneira, ser jovem para sempre.

Geek Azores youtube (videos pessoais geek)
Geek azores blog (assuntos geek, escapes À realidade))