Sponsor Advertisement

Labels

Ads 468x60px

domingo, 26 de junho de 2016

Dia da Independencia, Ressurgimento - criticas online

Lembro-me de ter faltado a uma festa para ver o primeiro filme; na altura, para quem já gostava muito de cinema como eu, foi uma experiência espectacular, um filme como nada antes visto. Faltar aquela festa foi a melhor decisão que tomei. O dia da Independência foi um dos filmes que me fez apaixonar por cinema. Ele abriu caminho aos blockbusters de hoje e é ainda o melhor disaster movie de sempre.
As criticas online já circula, eis o veredicto:


O Positivo:

- O regresso dos velhos personagens, em especial, Jeff Goldblum.

- Um divertido espectáculo de explosões e destruição, como se esperava.


O Negativo:

- Uma sequela fora de seu tempo. O efeito "UAU" perdeu-se com os anos, já tivemos muitos disaster movies desde então.

- Superlotado de personagens que não colmatam o actor que faz falta: Will Smith.

- Saturado de CGI sem historia para o prender ao realismo

- Cai no cliché das sequelas, mais e maior acaba por não ser melhor.


Em resume: Um perfeito filme pipoca com pouca substancia, mas que ainda assim pode ser divertido. 


(Fontes: Jeremy Jhans; Chris Stukman; Mr Sunday Movies)

0 comentários:

Enviar um comentário

Tiago Dutra

A minha foto

Quantas vezes ouvi: "Já não tens idade para isso". E enquanto me tentava encaixar no que julgavam certo, largava o que era certo para mim, uma luz foi-se extinguindo. Foi só quando me aceitei por quem sou: um geek, que abracei a imaturidade dentro do meu corpo já adulto, é que me permiti ficar mais solto, ganhar liberdade, ser mais feliz. 
Eu gosto de comics, adoro cinema, aprecio arte de fantasia, adoro escrever, primeira paixão foi a TV, ainda vejo animação, gosto de historia: meus escapes. 
Ser geek não é usar óculos e ser franzino, esse é o estereotipo, ser geek é viver com paixão aquilo que gostamos; podemos todos ser geeks. 
Dar asas à minha imaginação e criatividade, ser eu mesmo,permitiu-me realizar sonhos: publiquei o livro “Terra Antiga o Duelo”; participei no livro “Contos ao Vento”. Minha primeira experiência na blogosfera: pensamento-indescoberto. Entrei nos Workshops de Pedro Chagas Freitas; tenho também um canal no youtube com o mesmo nome que este blogue.
Posso estar a envelhecer, mas enquanto me deixar ser imaturo, posso também, de uma maneira, ser jovem para sempre.

Geek Azores youtube (videos pessoais geek)
Geek azores blog (assuntos geek, escapes À realidade))