Sponsor Advertisement

Labels

Ads 468x60px

terça-feira, 26 de abril de 2016

Captain America Civil War - as criticas.

É incontornável a expectativa sobre este filme, sobre qualquer filme Marvel. Aos poucos e poucos, já que só agora estreou, começam a sair as criticas e o resultado é generalizado: positivo.
Encostam Civil War aos melhores filmes Marvel, já que a marca está dividida entre filmes muitos bons e filmes bons (não contando com as sequelas Ironman).
Estas são as opiniões de críticos (Jeremy Jhans, Shomoesknow, Varient Comics) e não a minha, já que infelizmente ainda não vi o filme.


O Positivo:

- Há um bom equilíbrio entre acção, personagens e a historia não se perde no meio de nenhuma confusão visual.

- A acção é do melhor que já se viu num filme de super-heróis, alguns vão ainda mais longe e dizem que é do melhor que já se viu em toda a historia do cinema.

- Descansem os mais pessimistas, é de consenso geral que o Spiderman esteve bem, descrevem-no até como: "excelente", apontam para belas perspectivas para o futuro do personagem.

- Nota positiva para Black Panter também.

- O filme é muito bom, para alguns, melhor até talvez que Captain America Winter Soldier.


O Negativo:

- Mais uma vez, a Marvel mostra o seu calcanhar de Aquiles: o vilão. Foi desnecessário a existência de um vilão neste filme. A diferença de ideais e a disputa entre as equipas devia bastar.


Em Suma: A Marvel conseguiu-o outra vez - grande filme.

2 comentários:

  1. Os filmes do Capitão América sempre foram algo especial no universo cinematográfico da marvel, por mostrar um personagem mais sério, ter uma temática mais madura e não ser carregado de piadas. Gostei muito dos dois primeiros, e certamente irei assistir a este.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda lembro na altura do Capitão América Soldado Invernal, o Odin ter dito que era o melhor filme de super-heróis. Fiquei céptico, mas rendi-me.

      Eliminar

Tiago Dutra

A minha foto

Quantas vezes ouvi: "Já não tens idade para isso". E enquanto me tentava encaixar no que julgavam certo, largava o que era certo para mim, uma luz foi-se extinguindo. Foi só quando me aceitei por quem sou: um geek, que abracei a imaturidade dentro do meu corpo já adulto, é que me permiti ficar mais solto, ganhar liberdade, ser mais feliz. 
Eu gosto de comics, adoro cinema, aprecio arte de fantasia, adoro escrever, primeira paixão foi a TV, ainda vejo animação, gosto de historia: meus escapes. 
Ser geek não é usar óculos e ser franzino, esse é o estereotipo, ser geek é viver com paixão aquilo que gostamos; podemos todos ser geeks. 
Dar asas à minha imaginação e criatividade, ser eu mesmo,permitiu-me realizar sonhos: publiquei o livro “Terra Antiga o Duelo”; participei no livro “Contos ao Vento”. Minha primeira experiência na blogosfera: pensamento-indescoberto. Entrei nos Workshops de Pedro Chagas Freitas; tenho também um canal no youtube com o mesmo nome que este blogue.
Posso estar a envelhecer, mas enquanto me deixar ser imaturo, posso também, de uma maneira, ser jovem para sempre.

Geek Azores youtube (videos pessoais geek)
Geek azores blog (assuntos geek, escapes À realidade))