Sponsor Advertisement

Labels

Ads 468x60px

domingo, 22 de maio de 2016

Brinquedos para adultos

"Sinto-me a definhar sem estas coisas"

Este, foi um mês bom. Não é inexplicável um adulto querer uma ligação com a sua juventude; afinal, todos os homens são umas crianças por dentro, e se não o são, que porcaria de adultos se tornaram. Se eu quisesse ser como toda a gente vivia infeliz e negava-me aquilo que gosto, por tanto, eu compro brinquedos enquanto adulto.
Cresci relutante, porque ainda não inventaram uma cura contra a velhice. A coleção de action figures é um lutar contra o tempo, objectos que nos recordem, geeks, de uma altura melhor: escapes.
Este mês recebi duas figuras ricas em detalhe. A primeira foi Gohan, filho de Goku, em três peças (a base, pernas e o resto). A outra foi um Batman Dark Night que pude juntar ao que já tinha: Batman do Arkham Games.
Não sou de gastar muito dinheiro com estas figuras, de facto, tenho regras quanto a isso, mas o preço/qualidade valeu a pena, e se comprar estas figuras me distraem, nem que por segundos, do mundo, trabalho, despesas e obrigações, então valeu mesmo a pena.
 


2 comentários:

  1. O presente de natal que ganhei de minha esposa foi uma action figure de Saga de Gêmeos (meu signo) da série Cavaleiros do Zodíaco. Desnecessário dizer que ele ocupa um lugar de honra em minha estante de livros...

    ResponderEliminar
  2. Lindo. É uma série que guardo belíssimas recordações.

    ResponderEliminar

Tiago Dutra

A minha foto

Quantas vezes ouvi: "Já não tens idade para isso". E enquanto me tentava encaixar no que julgavam certo, largava o que era certo para mim, uma luz foi-se extinguindo. Foi só quando me aceitei por quem sou: um geek, que abracei a imaturidade dentro do meu corpo já adulto, é que me permiti ficar mais solto, ganhar liberdade, ser mais feliz. 
Eu gosto de comics, adoro cinema, aprecio arte de fantasia, adoro escrever, primeira paixão foi a TV, ainda vejo animação, gosto de historia: meus escapes. 
Ser geek não é usar óculos e ser franzino, esse é o estereotipo, ser geek é viver com paixão aquilo que gostamos; podemos todos ser geeks. 
Dar asas à minha imaginação e criatividade, ser eu mesmo,permitiu-me realizar sonhos: publiquei o livro “Terra Antiga o Duelo”; participei no livro “Contos ao Vento”. Minha primeira experiência na blogosfera: pensamento-indescoberto. Entrei nos Workshops de Pedro Chagas Freitas; tenho também um canal no youtube com o mesmo nome que este blogue.
Posso estar a envelhecer, mas enquanto me deixar ser imaturo, posso também, de uma maneira, ser jovem para sempre.

Geek Azores youtube (videos pessoais geek)
Geek azores blog (assuntos geek, escapes À realidade))